OBRAS

  • Operação tapa-buraco progressivamente em todas as ruas da cidade. Já foram usados mais de 1,5 tonelada de massa asfáltica, recuperando mais de 15 quilômetros de ruas
  • Elaboração de infraestrutura dos bairros Conceição e Caladinho, para a construção de calçadas.
  • Projeto da Praça do Triângulo.
  • Acessibilidade da Biblioteca Francisco Meirelles.
  • Projeto Infraestrutura do Bairro Lagoa.
  • Projeto de drenagem do início do canal dos tanques, na rua Raimundo Cantuária com rua Venezuela.
  • Projeto drenagem dos cruzamentos da Avenida rio Madeira com Avenida Rio de Janeiro e Avenida rio Madeira com Raimundo Cantuária.
  • Doação definitiva das áreas dos três bairros da Figura A, Arigolândia, Panair e Pedrinhas que foram repassados pela Superintendência do Patrimônio da União para o Município de Porto Velho. Próximo passo será a regularização fundiária.
  • Solicitação à União da doação definitiva dos demais bairros que compõem a Figura A, Baixa da União, Triângulo, Caiari, Olaria e parte do Centro.
  • Solicitação à União da doação do Prédio do Relógio ao Município de Porto Velho, em fase de conclusão.
  • Elaboração de Minuta de Lei que regulamenta a Regularização Fundiária de Interesse Social. As atividades iniciaram pelo Assentamento Airton Sena, no Bairro Mariana.
  • Levantamento da situação fundiária dos distritos de Jaci Paraná, União Bandeirantes e Nova Califórnia.
  • Levantamento da situação fundiária e cadastral dos bairros e quantidade de 15 mil lotes urbanos a serem regularizados a partir de 2017.

LIMPEZA

  • Mutirões em 11 bairros, incluindo os distritos de União Bandeirantes e Rio Pardo.
  • Foram recolhidos 376 caçambas de lixo, entulhos e carcaças de mobiliários. A ação também começou em Jaci – Paraná.
  • Em 27 bairros , também foi feito o recolhimento de caçambas de sujeira e entulho às margens das ruas e calçadas.
  • Desobstrução e limpeza de bocas de lobo em 39 bairros, onde foram retiradas 19 caçambas de entulhos que estacam entupindo as caixas coletoras.
  • Limpeza de 45 praças de entulhos em toda a cidade.
  • Pintura de mais de 42 mil metros de meio fio de ruas e avenidas, postes, escadarias, passarelas, praças e mercado.
  • 549 notificações para limpeza, construção de muros e calçada em terrenos baldios.

HABITAÇÃO

  • Doação definitiva das áreas dos três bairros da Figura A, Arigolândia, Panair e Pedrinhas que foram repassados pela Superintendência do Patrimônio da União para o Município de Porto Velho. Próximo passo será a regularização fundiária.
  • Solicitação à União da doação definitiva dos demais bairros que compõem a Figura A, Baixa da União, Triângulo, Caiari, Olaria e parte do Centro.
  • Solicitação à União da doação do Prédio do Relógio ao Município de Porto Velho, em fase de conclusão.
  • Elaboração de Minuta de Lei que regulamenta a Regularização Fundiária de Interesse Social. As atividades iniciaram pelo Assentamento Airton Sena, no Bairro Mariana.
  • Levantamento da situação fundiária dos distritos de Jaci Paraná, União Bandeirantes e Nova Califórnia.
  • Levantamento da situação fundiária e cadastral dos bairros e quantidade de 15 mil lotes urbanos a serem regularizados a partir de 2017.

AGRICULTURA

  • Foram recuperados 189 km de estradas rurais, 17 bueiros e 3 pontes.
  • Apoio aos produtores para o transporte de 187 toneladas de produtos como banana, milho, macaxeira, farinha e melancia.
  • Início do projeto de melhoramento da qualidade de lavouras de café, por meio do cultivo do café clonal.

MEIO AMBIENTE

  • Desenvolvimento e acompanhamento do Projeto EcoParque.
  • Levantamento dos serviços de reparo e manutenção, incluindo iluminação, do Parque Circuito das Seringueiras e Parque da cidade.
  • Adequações para reabertura do Circuito de Arborismo do Parque Natural; com a contratação de empresa especializada. A inauguração será feita nos próximos dias.
  • O Parque Natural recebeu um total de visitantes de 5.852, dando oportunidade a todos, inclusive cadeirantes e idosos, o convívio com o meio ambiente.
  • Plantio de 2.762 mudas de árvores. A previsão de 2017 é que o viveiro tenha disponível cerca de 150 mil mudas.
  • Implementação e fase de Teste do Sistema ON LINE de Licenciamento Ambiental.

TRÂNSITO

  • Sincronização dos semáforos nas avenidas Jorge Teixeira, Pinheiro Machado, Rio Madeira, 7 de Setembro, Dom Pedro I, Marechal Deodoro, Presidente Dutra CPA, Abunã e Calama.
  • Estudo para implementação de abertura da Avenida Jorge Teixeira, com Duque de Caxias, como opção de fluxo para a Av Carlos Gomes.
  • Cumprimento da lei municipal para a integração por meio de cartão que permite ao usuário fazer a integração entre dois ou mais ônibus.
  • Implantação de Linhas Expressas.
  • Redução do prazo para emissão de cartões de identificação de idosos e cadeirantes, que era de até 7 dias, agora é Imediata.
  • Gestão para mudança da postura dos Agentes de trânsito no sentido de priorizar a orientação e educação no trânsito.

ESPORTE E LAZER

  • Cerca de 15 mil pessoas foram atendidas pelos programas VIVER ATIVO, Porto Velho Cuida da Terceira Idade, Viva Bem, Porto Velho Cuida de Você e Rua de Lazer. Os programas são voltados à qualidade, para todas as idades.
  • Inserção das crianças no esporte

INFRAESTRUTURA

  • Reforma e modernização das quadras e ginásio.
  • Construção do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), no bairro Flamboyant.
  • Retomada da obra do Complexo Esportivo “Padrão” e recuperação da quadra Vinícius Dannin.
  • Cobertura das academias ao ar livre com madeira doada.
  • Construção de campos de futebol de gramado sintético nos Jardim Eldorado, Ayrton Sena e Ulysses Guimarães.

INDÚSTRIA E COMÉRCIO

  • Já está em andamento a construção de 5 praças.
  • Construção de 2 pórticos.
  • Restauração do Deck da Estrada de Ferro.
  • Restauração das bases das Três Caixas d’Água.
  • Restauração e reativação do mercado do pescado.
  • Praça Centro de Esportes Unificados será inaugurada no próximo dia 22, na zona leste.
  • Intermediação ao micro crédito junto ao Banco do Povo para os permissionários do mercado do pescado.
  • Reorganização do Sine municipal com projeto de descentralização nas zonas sul e leste.
  • Qualificação de 150 pessoas para atuar no ramo de confecções.
  • Projeto de recuperação do acesso à Vila Nova Teotônio junto ao Ministério do Turismo.